Resumo da 1ª Jornada do 1º split de 2018

Blog Single

Decorreu no passado sábado, ao vivo na Clickfiel Arena, a primeira jornada da Moche LPLOL 2018, onde as oito equipas da primeira divisão se defrontaram nos 4 primeiros best of 2 deste 1º split. Aqui fica um pequeno resumo dos jogos, caso não tenham tido oportunidade de assistir.

Na primeira serie deste fim de semana tivemos duas equipas recém-formadas a enfrentarem-se.
No primeiro jogo, os Why Esports acabaram por fazer boas picks, mas a equipa da Doxa Gaming acabou por levar a melhor nas team fights. De referir que o Hiro teve uma excelente prestação na top lane, por outro lado, a Nidalee do Kaiba ficou aquém das expectativas, sendo que não conseguiu acompanhar o Zac do Reativo, que esteve em quase todas as kills da equipa, o que fez com que tivesse um papel crucial no jogo, mostrando o porquê de o considerarem um dos melhores junglers em Portugal e de ter ganho o MVP do mesmo. Os Y aguentaram-se bastante bem, mas creio que também foi por algum demérito da equipa da Doxa, que não quiseram acabar o jogo mais cedo.
No segundo jogo desta serie, a primeira kill do jogo foi para a Doxa, depois de um grande gank do Reativo, mostrando-se novamente uma peça fundamental na equipa. O resto do jogo acabou por ser relativamente equilibrado até aos 20 minutos, altura em que a equipa da Doxa começou a mostrar-se superior. Pelos 36 minutos, uma call desesperada dos Why para fazer o Elder dragon, levou a uma teamfight, que foi iniciada pela Doxa, que lhes deu o ace e acabou por puxar as 2 torres restantes da base e o nexus da equipa inimiga, conquistando novamente a vitória no 2º jogo. De notar a excelente prestação do Goodman, que conquistou aqui o MVP.

A pressão neste jogo considero que ia toda para os Grow uP, que mesmo sendo uma equipa recém-formada, contava com alguns dos nomes mais sonantes da scene, logo as expectativas para esta eram muito altas, em comparação com os XD Esports, que eram considerados os underdogs.
No primeiro jogo, tivemos um ínicio bastante equilibrado para ambas as equipas, se bem que os XD acabaram por se destacar mais, já que pelos 13 minutos tiveram o first blood e minutos depois a primeira torre do mid foi a baixo, ronando de seguida para matar o primeiro dragão do jogo. Pelos 18 minutos, os XD tentaram levar a torre do mid, sendo surpreendidos pelo flank do GodsCloud, acabando por dar 4 kills aos uP. Dois minutos depois, ocorre outra fight importante e que virou o jogo por completo, em que os XD tentam contestar o dragon que estava a ser feito pelos uP (que tinham o baron), e acabam por levar um ace, colocando a equipa dos grow up completamente à frente no jogo. Foi apenas uma questão de tempo, todas as teamfights apenas colocaram os uP ainda mais á frente no marcador, acabando mesmo por acabar o jogo. Neste 1º jogo, GodsCloud ganhou o MVP.
No segundo jogo, a pressão estava ainda mais do lado XD, pois se queriam sair de Penafiel com 1 ponto, tinham que vencer este jogo. Foi um jogo bastante equilibrado no início, tal como o jogo anterior, sendo que até ao mid game, os uP acabaram por se destacar e ficar à frente, tendo mais de 10k de gold de diferença para com os XD. No late game, os uP cometeram erros graves que foram muito bem aproveitados pelos XD! O taric deu ultimates fantásticos em momentos cruciais das teamfights, o Maokai protegeu o ad carry da melhor forma em uma fight do mid, enquanto que o Demo estava um pouco perdido a farmar na bot lane. Num geral um excelente trabalho de equipa dos XD, que se bateram bastante bem no final e acabaram por ganhar o jogo com um fenomenal ace. Não considero que a equipa dos XD se tenha sobressaído, acho sim que a equipa dos uP além de levar outscale, também estava um pouco perdida no fim do jogo, e creio que isso acabou por lhes perder o mesmo. O MVP deste segundo jogo foi para o Ray.

Duas grandes equipas do top 4 no split passado, com rosters reformulados, que iriam lutar entre si nesta primeira jornada. Porém, a equipa da For The Win Esports Club mantinha o estatuto de favorita, nem que fosse pela adição do Kyuuga, considerado um dos melhores jogadores Portugueses da atualidade, que por pena de muitos esteve parado neste último ano.
O primeiro jogo, foi bastante equilibrado para as duas equipas. O mesmo começou com a morte do Kyuuga logo a nível 1, sendo que depois ao longo do jogo os Electronik Generation pareciam estar a ser superiores, mas acabou mesmo por ser a For The Win, que após um ace em uma team fight na bot lane conseguiu puxar 3 torres e o inibitor,e assim acabar rapidamente o jogo.
Do segundo jogo, não há muito a dizer. A equipa dos EGN foi completamente dizimada pela For the Win, que realizou um jogo limpissímo em que apenas o Scutt caiu e conquistaram facilmente a vitória. 
Com uma excelente prestação, o MVP de ambos os jogos foi atribuído, e muito bem, ao Scutt.

O jogo mais aguardado do dia, segundo as votações do público nas redes sociais, era os YNG Sharks contra os K1CK Esports Club. Um equipa nova contra uma equipa que está junta há já algum tempo, e que tinha a pressão toda em cima de si, visto que os Sharks eram considerados os underdogs.
No primeiro jogo, ambas as equipas fizeram um bom draft, se bem que os K1CK mostraram-se sempre superiores com um excelente teamplay, tentaram sempre puxar as 3 lanes durante todo o jogo, acabando por não dar qualquer hipótese para os sharks contestarem toda essa pressão. A teamcomp dos K1ck acabou por ganhar em todas as frentes, até mesmo na top lane, onde se esperava que um Gnar ganhasse a um Ornn. No lado dos sharks, o Owner, jungler da equipa, acabou por não ter muita presença no jogo, comparando com o jungler dos K1ck, que mostrou presença em todas as lanes e ajudou efectivamente a sua equipa a ganhar as mesmas. O resto do jogo acabou por se desenrolar no scale dos K1ck. O MVP do jogo foi então para o LeChase , pela sua boa prestação de Lee Sin.
No segundo jogo, a história repetiu-se. Apesar dos Sharks realizarem uma troca de suportes, o Sun pelo Sacred, a mesma não trouxe muitas mudanças à botlane. Um jogo muito parado, em que ambas as equipas se focaram no farm, ficando os K1CK à frente em gold. Por volta dos 15 minutos, os K1CK tentaram forçar drake, talvez em uma medida meio desesperada por nada estar a acontecer no jogo, que acaba por correr bem, sendo que conquistam ainda o first blood.. A equipa dos K1CK, num geral, focou-se em conquistar objetivos no jogo, ao invés de forçar teamfights, o que overall foi uma ótima decisão. Focaram-se na torre do mid dos Sharks, pressionando a mesma até matarem o Joni, de seguida um fantástico ultimate do Ryze transportou-os para o baron que foi rapidamente feito.  Depois disso tornou-se apenas um push de lanes que os Sharks não conseguiram fazer nada para defender, até á destruição do Nexus. O MVP deste último jogo foi para o Alternative.

Podem rever todos os jogos desta primeira jornada no nosso canal da Twitch.
Voltamos no próximo fim de semana para um Super Weekend, com a 2ª e a 3ª jornadas da Moche LPLOL 2018.
Esta terça e quinta-feira podém também assistir ao início da 2ª divisão, nos canais habituais.

Share this Post: